Arquivo da tag: vida

AS TRÊS VERDADES DA VIDA 


Deixe um comentário

26 de abril de 2017 · 8:19 AM

FRASE  EM IMAGEM – A VIDA CONTINUA.


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

As vantagens de ter 50 anos (ou mais)


As vantagens de ter 50 anos (ou mais)

Eu nunca trocaria meus amigos surpreendentes, minha vida maravilhosa, minha amada família por menos cabelo branco ou uma barriga mais lisa. Enquanto fui envelhecendo tornei-me mais amável para mim e menos crítico de mim mesmo. Eu me tornei meu próprio amigo … Eu não me censuro por comer biscoito extra, ou por não fazer a minha cama, ou pela compra de algo bobo que eu não precisava. Eu tenho o direito de ser desarrumado, de ser extravagante. Vi muitos amigos queridos deixarem este mundo cedo demais, antes de compreenderem a grande liberdade que vem com o envelhecimento. Quem vai me censurar se resolvo ficar lendo ou jogar no computador até as quatro horas e dormir até meio-dia? Eu dançarei ao som daqueles sucessos maravilhosos dos anos 70 & 80 e se eu, ao mesmo tempo, desejar chorar por um amor perdido … Eu vou. Se eu quiser, vou andar na praia em um short excessivamente esticado sobre um corpo decadente e mergulhar nas ondas com abandono, apesar dos olhares penalizados dos outros no jet set. Eles também vão envelhecer. Eu sei que sou às vezes esquecido, mas há algumas coisas na vida que devem ser esquecidas. Eu me recordo das coisas importantes. Claro, ao longo dos anos meu coração foi quebrado. Como não pode seu coração não se quebrar quando você perde um ente querido, ou quando uma criança sofre ou mesmo quando algum amado animal de estimação é atropelado por um carro? Mas corações partidos são os que nos dão força, compreensão e compaixão. Um coração que nunca sofreu é imaculado e estéril e nunca conhecerá a alegria de ser imperfeito. Sou abençoado por ter vivido o suficiente para ter meus cabelos grisalhos e ter os risos da juventude gravados para sempre em sulcos profundos em meu rosto. Muitos nunca riram, muitos morreram antes de seus cabelos virarem prata. Conforme você envelhece, é mais fácil ser positivo. Você se preocupa menos com o que os outros pensam. Eu não me questiono mais. Eu ganhei o direito de estar errado. Assim, para responder sua pergunta, eu gosto de ser velho. Eu gosto da pessoa que me tornei. Não vou viver para sempre, mas enquanto ainda estou aqui, não vou perder tempo lamentando o que poderia ter sido, ou me preocupar com o que será. E, se me apetecer, vou comer sobremesa todos os dias!_

√ Texto recebido da colega e amiga: Fatiminha (Mauá/SP)

√ Imagem por AMD, autorização de exibição de imagem por Ingrid wpid-wp-1436415852831.jpeg

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Recomendo o vídeo “FLUTUANDO EM MEUS SONHOS”- editado por MUNDO DA VOZ


Tem pessoas que nunca poderão deixar de fazer parte de nosso dia a dia.
Luiz Andrade é uma dessas lindas pessoas.
Ele, em seu MUNDO DA VOZ, sempre nos revela algo em lindos detalhes de textos e imagens.

Este vídeo, com carinho, compartilho com os amigos leitores e seguidores.

Tenham uma linda noite, que, como diz Luiz Andrade: É NOITE… TUDO SE SABE”

1 comentário

6 de junho de 2014 · 11:40 PM

Toda ausência


ausência

Cada vez que entro em sua vida

me vejo mais ausente dela.

Isso dói…

10/05/2013- milena poeta- online

Deixe um comentário

11 de maio de 2013 · 3:55 PM

Recomendo: FIREWORK -Katy Perry (legendado PT-BR)


“…Depois de um furacão vem um arco-iris… talvez a razão pela qual todas as portas estejam fechadas é que você possa abrir uma que te leve para a estrada perfeita. Como um relâmpago seu coração vai brilhar e quando chegar a hora você saberá. Você só tem que acender a luz e deixa-la brilhar. Apenas domine a noite…” (trecho da música)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, vídeo, vídeos

Poesia de Negra Noite- EU NÃO NASCI ONTEM


Deveria ter dito

que nasci de repente…

Não assim, desde antiga data.

Eu nasci completo

e o tempo me fez disperso.

Não sei onde ficaram os cacos

de uma vida a descoberto.

Joguei-me ao mundo

pensando na felicidade

e o momento foi meu inimigo,

fez-me esquecer a dura realidade.

Hoje, não contente, vejo-me velho.

Não de corpo e alma,

velho de sentimentos.

Todos eu os perdi

nesse grande lapso de tempo.

Dou-me por vencido,

envergonhado e disforme.

Não me traduzo em contentamento,

desse sentimento ando confuso,

Na tristeza busco consolação

pra minha alma sem juizo.

Talvez ainda aja tempo

Para amar e ser amado.

Só meu velho coração

ainda deve ter

a necessária condição.

De resto despeço-me

por antecipação.

Aos ventos norte e nordeste

deixo uns pequenos versos,

desvarios de uma mente perversa.

Ao cruzeiro do sul,

à minha estrela-guia,

um sopro de emoção difusa.

Aos meus herdeiros,

se eu os tivesse,

deixo minha lição.

Aos meus pais e irmãos,

parentes sem condições,

digo-lhes: Até Breve,

um dia ainda estaremos juntos!

À você, que viu algo escrito por mim,

que de mim ouviu palavras soltas,

desconexas talvez,

deixo o meu alento.

Foi-me proveitoso

as horas em que conversamos.

No mais, nada mais posso deixar.

Tudo em mim agora já passou.

Espero as horas que nunca serão dias

e dias que nunca  serão meses…

Deixo somente

minha breve existência e,

talvez,

uma eterna lembrança,

um “Adeus”, um “Tchau”

um “Até logo”…

(Negra Noite- 07/12/2012- 08:15h -13:23h- especialmente para ti, JJ

O pão sem a manteiga

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos