Arquivo da tag: tristeza

TRISTEZA – IMAGEM


image

Compartilhada no gplus (g+)
Via +M Elaine

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Reblogando APENAS SENDO – sobre tristezas e angústias


“Não importa quantas vezes, ou em que circunstância me perguntar, vou sempre responder que estou “bem”: Porque a dor do mal da tristeza é sentida. No brilho dos olhos. No abraço apertado que encontra os corações. Angústias transcritas são pouco entendidas. E as minhas palavras não são alento para serem jogadas ao vento, que por ser frio carregar qualquer dor sem sentir o menor rancor.”

Apenas Sendo-11/02/2013- Google+

apenas sendo - vou dizer que sempre estou bem

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, POESIA

Recomendo – THE ONE THAT GOT AWAY -Katy Perry – legendando (PT-BR)


Às vezes, no orgulho que temos, deixamos coisas passarem… coisas que seriam mais importantes do que meras dúvidas,  brigas tão banais… e o passado só volta em forma de lembranças e muitas vezes com esse peso dolorido do talvez se eu fizesse de outro jeito, se eu fosse menos orgulhosa, se eu tivesse dito isso…

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, vídeo, vídeos

Poesia de Milena Medeiros – TALVEZ- dedicado ao amigo “O Criador” (João)


Quantos “talvez”
existem em nosso dia a dia.
Mas nenhum deles
diz de nós,
realmente…
e se o diz…
tapamos olhos e ouvidos…
Às vezes
não os queremos ouvir…
 
(Milena Medeiros – 19/11/2012 -20:47h- Google mais – especialmente para o amigo João)
Dedicado ao amigo João (O Criador) por sentir desde agora a sua ausência, pela sua despedida do Google +, do Youtube e de tudo o mais. Que seja feita a sua vontade… e que essa vontade se reflita em seu estado de espírito, fazendo-te se acalmar, transformando a tempestade que te varre o espírito em amiga que te traz sementes férteis para o porvir…
 
 

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Poesia de Negra Noite (AMOR TRISTE)


AMOR TRISTE

Esse vazio
que em mim existe
Não deveria
estar aí…
Achei que tu
era aquele
que iria me amar
que seria meu par…
Desiludida
afinal
ponho-me nesse canto

                       – o Encanto acabou!

(Negra Noite-02/10/12)

música a se ouvir: Paul Young – Everytime You go Away- tradução

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos