Arquivo da tag: paixão

Reblogando Ricardo Cavalcante, texto de Marla de Queiroz sobre sedução e disponibilidade afetiva


…Porque você me seduziu completa e absolutamente se fazendo deslumbrante quando não estava disponível afetivamente…
Porque você me roubou a solidão e não me fez companhia…

(Porque eu ainda gostaria de você? Porque quando uma pessoa vai embora, nem sempre o que se sente por ela vai junto…)

Eu quase ainda gosto de você…(Marla de Queiroz)

publicado por Ricardo Cavalcante no Google+

Por quê?

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Li, gostei e recomendo este poema de Cold Fábio – “ENSINA-ME”


Ensina-me

Ensina-me
Como entregar-me aos teus braços
Como sucumbir aos teus lábios
Como amansar meu coração 
Tão calejado por uma paixão
Relembre-me
Do que é feito o amor
De que amar é natural
De que não preciso ter receio
De um sentimento tão sem igual
Por fim, mostra-me
O caminho a seguir
Sem que me desviem a atenção
Para que eu possa reaprender, por ti
Os mistérios desse nosso coração

Cold Fábio

menina cheirando flor

Esta poesia, uma dentre muitas que eu gostei, solicitei ao autor que me  enviasse  para divulgar em meus blogs

A autorização e o poema vieram através de email  em 14/01/2013.

RELEASE DE COLD FABIO 

COLD FÁBIO  é um novo companheiro no site RECANTO DAS LETRAS

Tem 32 anos de idade.

Onze (11) textos publicados  desde 02/12/2012 até esta data.

É de Brasília/DF.

Suas poesias falam do amor e seus matizes, com títulos que bem referem os dilemas, dúvidas, devaneios,  tristeza, esperança, saudade… que do amor advém.

Tem um jeito simples de escrever que nos leva direto a sentir, através das linhas dos textos, os mais diversos sentimentos que o poeta descreve muito bem.

Sigo esse colega de site e recomendo que o leiam.

Sei que irão gostar!

(a) Milena Medeiros

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Recomendo: Call me Maybe -Carly Rae Jepsen (Boyce Avenue acoustic cover)


“eu joguei um desejo no poço, não me pergunte, eu nunca vou dizer…

eu olhei para você quando fiz o pedido e agora você está no meu caminho.

Eu troco minha alma por um desejo, centavos e moedas por um beijo.

Eu não estava procurando por isso, mas agora você está no meu caminho…

eu acabei de te conhecer… isso é loucura…” (trecho da música)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, vídeo, vídeos

Mensagem de Milena Medeiros – TANQUE CHEIO


Se tu já amaste não jogue tua história ao lixo.

Guarde-a junto ao teu coração

Só assim saberei se teu tanque está cheio!

(Milena Medeiros-07/12/2012- 08:09 horas)

Caio F Abreu

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Conto de Terror – CIÚMES DO GATO- JJ DE SOUZA


…O amor para mim é tudo na vida, todo o resto é secundário, todo o resto é um grande imaginário, uma mentira, amor, amor de pai, amor de filho, mas sempre amor, as pessoas ficam atrás das profissões, do dinheiro, de valores, de motivos inúteis para viver…” (jj de Souza) – trecho desse conto de terror que mistura amor, paixão, ódio, relacionamento, ternura, etc… espero que leiam e, se puderem, comentem.

Link para o poema no site do autor:  JJ DE SOUZA- CIÚMES DE GATO

blogs: LIVROS E EU

MÉDICO JOSÉ

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, POESIA, vídeo

Texto por Milena Medeiros -Deixar-se ser amado!


DEIXAR-SE SER AMADO!

Não é fácil amar

pior mesmo é deixar-se amar.

Leva tempo…

essa fruta que madura  ao pé da paixão.

Quantas vezes desperdiçamos seus frutos

por não saber esperar

por se fazer ausentar da colheita

Por deixar as intempéries corroerem seu antro.

É difícil deixar-se ser amado!

Pois depende do outro

depende de ti

depende do presente, do futuro, do aqui e do agora.

Depende de sorrisos caprichados

de telefonemas inesperados 

de mensagens bonitas …

Quão complicado é isso

que nem os poetas o sabem no dom de seu poetar

fazem frases soltas como pipas no ar

e deixam à nós, simples mortais,

a arte de fazê-las soletrar o be-a-bá do amor!

(Milena Medeiros– 02/11/2012 – vivendo um tempo único onde se plantou a semente e aguarda a germinação!)

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, saudade e lembranças no orkut