Arquivo da tag: milena

Texto de Milena Medeiros – À espera de um amor


Então me diga se ainda tens amor para me ofertar. Já não sou tão desesperada quando antes, em que eu te procurava por aí, nos arrebaldes de minha solidão, Amor. 

Hoje, mais serena, talvez mais velha, sei que estás próximo, em algum lugar, e eu sento-me ao banco da solidão, empunho meu guarda chuva da esperança e te aguardo um pouco mais… talvez ainda não se demore como os anteriores, as paixões que tive, os desamores que se fizeram no tempo…

Sento-me aqui, em silêncio, não te falarei de mim, escutarei de ti, somente.

Não me verás te sorrir pois o sorriso te guardo para os momentos mais lindos que tivermos…

Não recolherás minhas mãos entre as tuas por simples apego, lhes darei elas em companhia nas tardes chuvosas ou ensolaradas, num terno passeio a dois…

Não me ouvirás falar que te amo assim, de repente, sem te conhecer a profundo…

Te falarei de meu amor pelo meu olhar, somente. Pelos meus lábios a procura dos teus… pela minha paixão refletida em minha pele…

Talvez nem saiba ler esses instantes… mas aguardarei que se aprofundes nestas leituras de alma

(Milena Medeiros – 23/02/2013 – online no WordPress- 16:54h)

 

imagem publicada no google+ por Maurizio Del Gaiso

Aguardando o amor

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

FALANDO SOBRE O AMOR (milena medeiros) // vídeo: Stay with me – SPVELOSO


PARA QUEM ESPERA PROVAS DE AMOR

Não precisa ter provas de nada… o amor é revelado em pequenos detalhes… só quem sabe e ama conseguirá notar esses detalhes…
Lembro-me bem de meu pai dizer-me, já em nossas velhices, que nunca disse a mim que me amava… e eu, com lágrimas de amor lhe disse: ‘PAI, EU SOUBE DE SEU AMOR SEMPRE… TODA A MINHA VIDA ATÉ HOJE… OS DETALHES DE SEU AMOR VIERAM NO MEU PRIMEIRO BALANÇO, NA BONECA DE VESTIDO RODADO QUE GANHEI EM MUITOS NATAIS, NOS CARRINHOS DE ROLIMàQUE FAZIA PARA MIM E MEUS IRMÃOS BRINCAREM, DO PRIMEIRO JEEP DE MADEIRA CONSTRUÍDO POR TI NA COR DO EXÉRCITO BRASILEIRO, DO DIA QUE  SE FEZ PRESENTE NA DIPLOMAÇÃO DE FACULDADE… DOS OLHOS DE AMOR, DE TUAS MÃOS ME DANDO REMÉDIO, DAS TARDES QUE AMBOS QUIETOS ANDÁVAMOS DE BIKE PELA ORLA DA PRAIA. .. PRÁ QUE EU QUERIA ‘OUVIR’ SE TU JÁ ME DIZIAS?…

Para quem precisa de fatos e provas de amor… é quem não sabe o que é o amor… ainda não viveu o amor…(Milena Medeiros-23/02/2013)

5 Comentários

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos

Recomendo – STUCK ON YOU – Lionel Richie -(vídeo sensual)


Talvez uma história não tenha começo nem fim…
quem sabe se ela seja escrita infinitamente em nossa vida.

(Milena Medeiros-24/12/2012)

Eu faço meu caminho, caminho o caminho…

NOTA: O vídeo tem imagens sensuais, destinado ao público maior de 18 anos.

Fica  aqui assinalado somente o link para o acesso.

[youtube=http://youtu.be/k5P3RoNtnqo]

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, orkut, vídeo, vídeos

Poesia de Milena Medeiros – TALVEZ- dedicado ao amigo “O Criador” (João)


Quantos “talvez”
existem em nosso dia a dia.
Mas nenhum deles
diz de nós,
realmente…
e se o diz…
tapamos olhos e ouvidos…
Às vezes
não os queremos ouvir…
 
(Milena Medeiros – 19/11/2012 -20:47h- Google mais – especialmente para o amigo João)
Dedicado ao amigo João (O Criador) por sentir desde agora a sua ausência, pela sua despedida do Google +, do Youtube e de tudo o mais. Que seja feita a sua vontade… e que essa vontade se reflita em seu estado de espírito, fazendo-te se acalmar, transformando a tempestade que te varre o espírito em amiga que te traz sementes férteis para o porvir…
 
 

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Poesia de Milena Medeiros – INÉDITA


INÉDITA

Poesia para ti…

“Por vezes várias
te vi
e não te escolhi
quis
esse destino,
brincalhão
e intempestivo,
criar ilusões…
e foi logo à ti,
paixão,
inventar situações?

(Milena Medeiros – inédita – 26/10/2012 – 18:00h)
(sem título—desejo que você coloque o título para que eu possa publicar)”

———–
NOTA DA AUTORA:

Como, a quem pedi o título, até hoje não houvera opinado, resolvi lançar o poema com o mesmo título provisório – “INÉDITA”

Mii 12/11/2012 – 22:10 horas

Publicada no Recanto das Letras

Enviado por Milena Medeiros em 12/11/2012
Código do texto: T3982742
Classificação de conteúdo: seguro

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, orkut, POESIA, saudade e lembranças no orkut

Poesia de Milena Medeiros-ANTES DE TI E AGORA, CONTIGO!/vídeo> Love is… (idgue99)


ANTES DE TI E AGORA, CONTIGO!
 
Antes de ti nada me dizia esse mundo
que parecia-me hostil quanto à minha alma
tão terna, tão pura de sentimentos.
 
Antes de ti haviam penumbras, obscuridade
em pontos tão comuns
onde deveriam as luzes brilharem
 
Antes de ti eu tinha uma solidão à dois
embora vivendo o amor em louca fúria
embora vivendo em êxtases e volúpias…
 
Hoje, em ti me encontro
com o vagar de dias e noites quietas
onde a solidão me diz estar acompanhada
 
Hoje, contigo, sou um tanto insegura ainda
mas já prevejo a plenitude de sentimentos
já me vejo mais feliz, mais madura
 
Contigo agora , só agora, sei que existem possibilidades
Que existe um amor sadio, puro, sem meias verdades
Sem constrangimentos de tortura de ciúmes, de traições.
 
Somente agora, contigo aprendo que a realidade é mansa
Que me trazes paz e conforto
Que desejo teu abraço quente e abrangente
 
Somente contigo entendo que a busca terminou
Que o momento do amor chegou
Que somos um em dois – você e eu!
 
Milena Medeiros -05/11/2012- 11:38h
 
 

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos

Poesia sensual de Negra Noite -TUA BOCA ASSANHADA


Ah!

Quantas gostosuras há

nessa boca úmida de se beijar!

Que tem fomes
e as mata
matando-me de tanto gozar!

Que arrepias-me a pele
em ondas de eriçar pelos
quando me tocas de leve, a saborear-me!

Senti-la em mim
É ter o paraíso e o inferno juntos
É sofrer de amor com prazer!

Tua boca assanhada
vem toda marcada
de batons vermelhos

E leva ainda mais
o gosto de sal
do meu corpo suado de se amar!
(Negra Noite-03/11/2012-00:55 h)

Enviado por Milena Medeiros em 03/11/2012- Recanto das Letras
Código do texto: T3966291
Classificação de conteúdo: moderado

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Poesia de Heidn Cardoso-SE VOCÊ VIESSE


SE VOCÊ VIESSE

Ah se você viesse

Disposta para o que desse

Os dias de luz

Seriam ainda mais azuis.

 

Seus sorrisos fartos

Seriam o meu prato

Fonte de todo alimento

 

Já não haveria mais tormentos

E nas noites de movimento,

Mover-me-ia pelas vias de seu corpo

 

E desfalecido, mas nunca morto

Repousaria o cansaço do gozo

Em seus braços e em seu colo

 

E de um só modo

Recitaria todas as rimas

Produzidas pelo seu clima

Traduzindo em versos

O que ainda não tem nome

 

Seria eu o seu homem

E eu a chamaria de minha

 

Mas, pelo que vejo

Poder não há nesse desejo

Vez que força ele não tem

Se de fato e até mesmo de direito

De modo algum você vem.

(Heidn Cardoso-15/02/2011)

Link para o poema publicado no Recanto das Letras:

SE VOCÊ VIESSE – por HeidnCardoso

Heidn Cardoso é um poeta que conheci há pouco, navegando pelas páginas do Recanto das Letras.

Não há um perfil disponibilizado, a não ser que é de Salvador/BA. Tem 26 textos naquele site.

Eu gostei desse poema, ao ler vários deles. Solicitei a permissão para postar aqui e este forneceu-me, enviando o texto em sua íntegra, conforme publicado acima.

Agradeço ao poeta, deixando meus sinceros votos de muita inspiração e sucesso!

(a)Milena Medeiros- 26/10/2012

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, POESIA

Recomendo ouvir: INVINCIBLE – Muse


fonte: letras de músicas/MUSE

Conheci a música através de um vídeo-poema de Nano Spagnol: PARTIDA, e ele quem enviou-me a tradução. Guardei com carinho, ambos.

O vídeo-poema já lancei aqui hoje, também. Mas já havia lançado em datas mais antigas.Tanto o poema quanto o fundo musical com essa música são muitos especiais. Amei os dois!! E, novamente, compartilho como os amigos…porque mesmo quando tudo parecer indo embora…ainda temos uma chance… e é por essa chance que devemos nos erguer… nos mantermos vivos e sadios…(Milena Medeiros-20/09/2012-16:25h)

Tradução:INVENCÍVEIS

Vá em frente
Faça nossos sonhos se realizarem
Não desista da luta
Você ficará bem
Porque não há ninguém como você
No universo

Não tenha medo
Do que a sua mente esconde
Você deveria resistir
Resistir pelo que você acredita
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis

E durante a batalha,
Eles irão nos rebaixar
Mas por favor, por favor, vamos usar essa chance para
Reverter as coisas
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis

Faça isso por si mesmo
Não faz diferença pra mim
O que você deixa pra trás,
O que você escolhe ser
E qualquer coisa que disserem
Sua alma é inquebrável

E durante a batalha,
Eles irão nos rebaixar
Mas por favor, por favor,
Vamos usar essa chance para reverter as coisas
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis
Juntos, somos invencíveis

E durante a batalha,
Eles irão nos rebaixar
Mas por favor, por favor,
Vamos usar essa chance para reverter as coisas
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis
Que juntos, somos invencíveis

—-

Letra: INVICIBLE

Follow through
Make your dreams come true
Don’t give up the fight
You will be alright
‘Cause there’s no one like you
In the universe

Don’t be afraid
Of what you’re mind conceals
You should make a stand
Stand up for what you believe
And tonight we can truly say
Together we’re invincible

And during the struggle
They will pull us down
But please, please let’s use this chance to
Turn things around
And tonight we can truly say
Together we’re invincible

Do it on your own
It makes no difference to me
What you leave behind
And what you choose to be
And whatever they say
Your soul’s unbreakable

And during the struggle
They will pull us down
But please, please let’s use this chance to
Turn things around
And tonight we can truly say
Together we’re invincible
Together we’re invincible

And during the struggle
They will pull us down
Please, please let’s use this chance to
Turn things around
And tonight we can truly say
Together we’re invincible
Together we’re invincible

2 Comentários

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, vídeo, vídeos

Emoção no Ar


Gostaria que os sorrisos

fossem sempre

de pura felicidade

e nunca

só para posar em fotos…

 

(Milena Medeiros – 28/07/2012

 

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo

Texto erótico de negra noite: SINTA O QUE ABUNDA


Invada-me.

Deixa-me saber

de tuas funções.

Deixe-me aprovar

teu provar.

Quero-te todo

entregue a mim.

Sm medo, sem causa,

só o desejo

de se arder de amar.

Venha,

Pegue-me num abraço forte.

Faça-me mulher;

adorada, amada

e que tem muito a cuidar.

Veja-me

nua vestidamente

endeusada.

Meus seios

em veludo soutien

em sua maciez dobrada.

Segure-me pelas ancas,

mergulhe tuas mãos

em minha bunda.

Sinta o que abunda

o meu corpo

de desejos e frenesi.

Não te afastes de mim.

Ponha tua boca quente

em meu pescoço

e vá abaixando lentamente

até encontrar o mamilo

rosado de meu seio nú.

Deposites mil beijos ali.

Traga tua língua

e chupe-o com vagar

menosprezando a pressa.

Se deleitando em mim.

Sinta a textura e a forma

como te invadem a boca.

Um brinde seco

ao um doce beijo.

Segure-me na cintura.

Encontre teu corpo ali

bem próximo

ao meu púbis.

Veja que tem alturas

um monte macio e gostoso.

desnudo de pelos,

mas sedento de beijos.

Ponha tuas mãos com cuidado.

Perceba as entrãncias.

Corra os dedos nestas

e vagueie sem aonde dormir,

Note a viscosidade que já nasce.

O líquido que atualiza

O que provocas em mim.

Brinques de entrar.

Mas não me deixes na mão.

Só brinque

se suportar

entrar com ardor e paixão.

Procure por trás,

minhas formas volumosas.

A bola gostosa

das formas de minha bunda.

Aperte devagar,

percorrendo todo o território.

Sinta as entrâncias,

o aperto e a gostosura.

Abaixes minha calcinha

com a boca e os dentes.

Desça lentamente,

pelas coxas,

apalpando-me o ventre.

Ao chegar aos joelhos,

olhe para cima.

Veja os meus seios,

a forma de minha buceta,

as salièncias,

os extremos,

a volúpia,

a pele macia e quente.

Beije-me os joelhos

passando as mãos em meus tornozelos.

Assim fazendo,

penso que estás a começar tudo de novo.

Mais me atenta

e fico sem ar.

Quase a enlouquecer.

Meu olhar te devora.

Quero-te todo em mim.

Suba agora, deslizando essa língua

úmida e rígida desde as pernas

até as coxas.

Depois, em círculos vagarosos

e precisos

bisbilhote minha “xana”

Enfie e rasteje

toda ali sem frescura.

Chupe a fruta que não é manga,

mas doce como o  paraíso.

Sorva o meu queixume

sentindo toda a minha formosura.

Estenda os braços ao alto,

ponha as mãos em meus seios.

Enquanto chupa-me deliciosamente,

aperta-me com jeito,

estes seios

que desejam

serem pegos assim.

Já toda desconcentrada

não dou mais por mim.

Tu pega-me e compõe

uma música

sem acorde, tom,

ou pestana.

Faze-me um violão

onde tu tocas

de ouvido.

Eu gemo e grito.

Tu come-me

enquanto isso.

Amparando-me pelos quadris.

Desejos loucos e devassos

nos encobrem

de olhares curiosos

que queiram partilhar

de nosso gostoso momento.

(negra noite-15/12/10- 20:10)


4 Comentários

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, poesias eróticas