Arquivo da tag: medeiros

Recomendo – STUCK ON YOU – Lionel Richie -(vídeo sensual)


Talvez uma história não tenha começo nem fim…
quem sabe se ela seja escrita infinitamente em nossa vida.

(Milena Medeiros-24/12/2012)

Eu faço meu caminho, caminho o caminho…

NOTA: O vídeo tem imagens sensuais, destinado ao público maior de 18 anos.

Fica  aqui assinalado somente o link para o acesso.

[youtube=http://youtu.be/k5P3RoNtnqo]

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, orkut, vídeo, vídeos

Mensagem de Milena Medeiros – TANQUE CHEIO


Se tu já amaste não jogue tua história ao lixo.

Guarde-a junto ao teu coração

Só assim saberei se teu tanque está cheio!

(Milena Medeiros-07/12/2012- 08:09 horas)

Caio F Abreu

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Poesia de Milena Medeiros – A OUTRA


Eu sei
que um passado
tens
e tens de teu passado
más e boas lembranças
Sei que vives angustiado
e não entendes 
esse teu coração…
 
O passado é um presente
que nos destina um futuro
Se agora te lembras dele triste
Aguarda terminar toda a história.
 
Você a amou…
é isso…
Não te imponhas
magoar-te mais ainda
Relevando um romance
que te fez inteiro
O amor, mesmo quando
extinto está
nos completa de certa maneira
e nos faz nos complementar
 
Desta forma
deixe-a
livre ao mundo
sem ódios,
sem nada…
por que senão
apagar-se-ão
toda a tua vida
e eu nela não estarei!
 
Milena Medeiros -07/12/2012-06:47h
 
(especial a ti, meu desejo)
 

Se tu já amaste não jogue tua história ao lixo. Guarde-a junto ao teu coração! Só assim saberei se teu tanque está cheio

 

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, saudade e lembranças no orkut

Poesia de Milena Medeiros – INÉDITA


INÉDITA

Poesia para ti…

“Por vezes várias
te vi
e não te escolhi
quis
esse destino,
brincalhão
e intempestivo,
criar ilusões…
e foi logo à ti,
paixão,
inventar situações?

(Milena Medeiros – inédita – 26/10/2012 – 18:00h)
(sem título—desejo que você coloque o título para que eu possa publicar)”

———–
NOTA DA AUTORA:

Como, a quem pedi o título, até hoje não houvera opinado, resolvi lançar o poema com o mesmo título provisório – “INÉDITA”

Mii 12/11/2012 – 22:10 horas

Publicada no Recanto das Letras

Enviado por Milena Medeiros em 12/11/2012
Código do texto: T3982742
Classificação de conteúdo: seguro

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, orkut, POESIA, saudade e lembranças no orkut

Poesia de Milena Medeiros-ANTES DE TI E AGORA, CONTIGO!/vídeo> Love is… (idgue99)


ANTES DE TI E AGORA, CONTIGO!
 
Antes de ti nada me dizia esse mundo
que parecia-me hostil quanto à minha alma
tão terna, tão pura de sentimentos.
 
Antes de ti haviam penumbras, obscuridade
em pontos tão comuns
onde deveriam as luzes brilharem
 
Antes de ti eu tinha uma solidão à dois
embora vivendo o amor em louca fúria
embora vivendo em êxtases e volúpias…
 
Hoje, em ti me encontro
com o vagar de dias e noites quietas
onde a solidão me diz estar acompanhada
 
Hoje, contigo, sou um tanto insegura ainda
mas já prevejo a plenitude de sentimentos
já me vejo mais feliz, mais madura
 
Contigo agora , só agora, sei que existem possibilidades
Que existe um amor sadio, puro, sem meias verdades
Sem constrangimentos de tortura de ciúmes, de traições.
 
Somente agora, contigo aprendo que a realidade é mansa
Que me trazes paz e conforto
Que desejo teu abraço quente e abrangente
 
Somente contigo entendo que a busca terminou
Que o momento do amor chegou
Que somos um em dois – você e eu!
 
Milena Medeiros -05/11/2012- 11:38h
 
 

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos

Texto por Milena Medeiros -Deixar-se ser amado!


DEIXAR-SE SER AMADO!

Não é fácil amar

pior mesmo é deixar-se amar.

Leva tempo…

essa fruta que madura  ao pé da paixão.

Quantas vezes desperdiçamos seus frutos

por não saber esperar

por se fazer ausentar da colheita

Por deixar as intempéries corroerem seu antro.

É difícil deixar-se ser amado!

Pois depende do outro

depende de ti

depende do presente, do futuro, do aqui e do agora.

Depende de sorrisos caprichados

de telefonemas inesperados 

de mensagens bonitas …

Quão complicado é isso

que nem os poetas o sabem no dom de seu poetar

fazem frases soltas como pipas no ar

e deixam à nós, simples mortais,

a arte de fazê-las soletrar o be-a-bá do amor!

(Milena Medeiros– 02/11/2012 – vivendo um tempo único onde se plantou a semente e aguarda a germinação!)

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, saudade e lembranças no orkut

Poesia de Milena Medeiros – UM PEDAÇO DE SOLIDÃO


uma flor esmaecida presa à cerca

UM PEDAÇO DE SOLIDÃO

Ficou
dependurada na cerca
da imaginação
um pedaço
de um pobre coração
Despedaçado
como pétalas de flor
soltas aos ventos…
Ficou, ao sol poente
de um dia qualquer
desses que não se marcam
nas agendas do pensamento.
Ali, definhou…
Amarelecido pelas horas
que não passaram
ou passaram em vão…
Somente uma estrela
soberba
ao céu sem lua
chorou…
Foram as suas lágrimas
que esse coração salvou…
De pedaços caídos
ao chão batido
um pequena flor
de colorido esmaecido
como a lembrar saudade
vingou…
Deu frutos de amor
e enfeitiçou a lua
daquela meia noite
sem cor…
É pelas altas horas
de uma madrugada fria
que se notam acima
a lua a brilhar
a estrela a piscar
e um cometa passar…
O AMOR, EMBORA EM PEDAÇOS, TRANSFORMA O CÉU, A TERRA E O MAR EM UM PEQUENO UNIVERSO DESTA GRANDE GALÁXIA!
(Milena Medeiros-29/09/2012)

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Poesia de Milena Medeiros- VEM…


VEM…

NÃO DEMORE-SE
A TUA PRESENÇA
ME FAZ TÃO BEM.VEM…

NA DISTANCIA,
O MEDO INVADE A ALMA
E OS SONHOS SÃO  TERRÍVEIS PESADELOS…

Milena Medeiros-22/09/2012

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, saudade e lembranças no orkut

Poesia de Milena Medeiros- NÃO PROVOQUE-ME


Não provoque-me

Se amor à distância é o que deseja

Não ensejo

carinho em demasia

Anseio amor compartilhado

Momentos dourados

Instantes eternizados

pelos beijos sensuais

abraços demorados

não virtuais…

Não provoque-me

se não for capaz

de ir e vir

sem rodeios

nem permeios

(Milena Medeiros-10/09/2012)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA