Arquivo da tag: blog

DANY PETRY – Instagran me liga em casa que tô na rua


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Ma Liberté – Serge Reggiani, pelo blog – Triunfe com o francês! 


Tradução livre /traduction libre de Priscila Junglos


Minha Liberdade, por muito tempo eu te guardei, como uma pérola rara,Minha Liberdade, foi você que me ajudou a largar as amarras.A gente ia pra qualquer lugar, a gente ia até o fim dos caminhos da sorte,A gente colhia sonhando uma rosa dos ventos sobre um luar.
Minha liberdade em face de tuas vontades minha vida era submissa,Minha liberdade, eu te emprestei tudo, [até] minha última camisa.E quanto eu sofri para poder satisfazer todas as tuas exigências Eu mudei de país, eu perdi meus amigos para ganhar tua confiança.
Minha Liberdade, você soube desarmar meus mínimos costumes,Minha Liberdade, você que me fez amar até mesmo a solidão.Você que me fez sorrir quando eu via acabar uma bela aventura,Você que me protegeu quando eu ia me esconder para cuidar dos meus machucados.
Minha liberdade, entretanto eu preferi te abandonar numa noite de dezembro,Eu desertei os caminhos distintos que nós seguiamos juntos.Quando, sem desconfiar, os pés e punhos unidos eu me deixei levar,E eu te traí por uma prisão de amor e sua bela carceireira

http://triunfecomofrances.blogspot.com.br/2017/02/ma-liberte-de-serge-reggiani.html?m=1

Deixe um comentário

Arquivado em drama, vídeo, vídeo no youtube, versos, video, web

Reblogando Natália Santos- O Carteiro e o Poeta (filme)


Um pouco da história de quem fez história:

“A poesia não pertence a quem escreve

mas àqueles que precisam dela”

Natalia Santos

Image

O filme “O Carteiro e o Poeta” (Il Postino, 1994) conta a história do encontro entre o humilde Mario Ruoppolo e o poeta chileno Pablo Neruda.

Na história Mario é um filho de pescador que se recusa a seguir a mesma profissão do pai, saindo assim em busca de emprego e Neruda, já consagrado como poeta vive exilado na ilha onde Mario mora na Itália.

Assim que fica sabendo de um trabalho de carteiro Mario se candidata, e consegue o emprego. Sua função passa a ser entregar diariamente as correspondências do poeta Pablo Neruda.

Image

Aos poucos um laço de amizade se forma entre os dois. Mario apaixona-se por Beatrice, uma bela mulher da ilha, e passa a pedir conselhos sobre poesias para conquistar o seu amor.

Mario casa-se com Beatrice e juntos tem um filho e Pablo Neruda volta ao seu país depois do período de exílio.

Image

Como um presente…

Ver o post original 61 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, POESIA, vídeo, vídeos

Reblogando Apenas Sendo – SER


Eu tinha sonhos maiores que qualquer montanha. 

Tinha medos que chegavam até a lua.

Mas eu também tinha

o brilho no olhar

como esses das estrelas,

que acendem qualquer escuridão.

Não há o que temer,

o outro lado ainda nos teremos. 

Seremos plenos

como as nuvens que abraçam o céu.

Eu era pequeno naquele mundo que me cabia,

mas o que eu tinha era muito

para um mundo que pouco sentia.

(Apenas sendo)
 
http://apenas-sendo.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Arquivado em blog, JEITO FEMININO

Conto de Terror – CIÚMES DO GATO- JJ DE SOUZA


…O amor para mim é tudo na vida, todo o resto é secundário, todo o resto é um grande imaginário, uma mentira, amor, amor de pai, amor de filho, mas sempre amor, as pessoas ficam atrás das profissões, do dinheiro, de valores, de motivos inúteis para viver…” (jj de Souza) – trecho desse conto de terror que mistura amor, paixão, ódio, relacionamento, ternura, etc… espero que leiam e, se puderem, comentem.

Link para o poema no site do autor:  JJ DE SOUZA- CIÚMES DE GATO

blogs: LIVROS E EU

MÉDICO JOSÉ

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, POESIA, vídeo

UMA PEQUENA HISTÓRIA DESTE BLOG- Milena Medeiros


Há um tempo fiz esse blog. O primeiro em minha vida. Era um blog muito pesado constituído de diversas plataformas, denominado “LIVESPACE” – um blog inserido no msn (hotmail, messenger, livespace), com um aprendizado muito difícil. Poucos se atreveram a usá-lo. Aqueles que não foram crédulos o bastante para seguir em frente ficaram na arquibancada participando como público, sempre aplaudindo esses blogueiros audazes.

Eu, um certo tempo, estava usando uma das primeiras formas de internet. Uma muito lenta. O livespace como era bastante pesado, demorava horas para se completar e muitas vezes eu desisti.

Quando coloquei uma internet melhor, mais veloz, fui a fundo, atravessando cada etapa de aprendizado desse livespace.

Quando consegui atingir o ponto que eu achava estar bom, o livespace foi vendido para o WordPress.

Alguns amigos blogueiros acabaram desistindo de seus blogs, caso da Carlenebrasil (Lene), essa amiga que sempre está comentando algo que publico aqui, assim como a Maru (Mirian Liliane- da Argentina), e muitos outros…

Eu segui os passos de transferência para o WordPress. E então, por vários meses, ele ficou a deriva. Interessei-me pelo Blogger (produto do Google) e lá montei outros blogs pela facilidade de utilização. Pela simplicidade de estruturar um modelo de blog do nosso jeito.

E então, um belo dia, voltei a olhar o WordPress como um desafio a ser ultrapassado (vencido).

E aqui estou, aprendendo novamente a montar, a aplicar, a estruturar o meu tão querido primeiro blog.

Notaram que no início eu, imatura, ainda tenho os erros e os inconvenientes de uma aprendiz. Eu ainda não consegui consertar de todo.

Este ano, aqui venho mais constantemente. Aprendendo aqui e ali, lendo, relendo os meus posts, editando alguns,  e, assim, eu mesmo me incentivo a vê-lo com os meus primeiros modos de olhar daqueles tempos… Um olhar de ternura, de estar se fitando ao espelho, se reconhecendo… E estou reconhecendo este meu blog que fora tão preterido. Por isso, vocês podem verificar meu constante atendimento à ele.

Notem que não o sei bem ainda, mas já me familiarizei o bastante.

Quem sabe o WordPress traga mais ajuda em nosso bom idioma português para nós brasileiros não tropeçarmos tanto em uns poucos obstáculos para se montar ou manter o blog neste site.

Muito da ajuda deles ainda está em inglês…

Com isso, amigos, seguidores ou aqueles que vem em busca de algo, mostro o princípio, o meio e o fim de todas as minhas publicações aqui. Uma vida, um cotidiano. Nele estão muito de meu caminho no Orkut, onde aprendi a usar solicitando ajuda a terceiros que vieram a se tornarem amigos e seguidores. Tem publicações desses amigos de lá (do orkut) que deixaram suas marcas, suas andanças na internet. Muitos não os tenho mais como companheiros de internet, pois já exclui muitos perfis montados no Orkut e com isso perdi vários desses colegas do mundo virtual. Assim como os que conheci no SONICO, no HI5, no UOL+, no VIDEOLOG e outros tantos por onde naveguei.

À esses deixo meu muito obrigado. Amei cada um da sua forma de ser como eles também me amaram do meu jeito de ser.

Tropeções, tristezas, desavenças, carinhos mútuos, inconformismos, disputas sadias, meiguice, troca de informações, de receitas de vida… tudo de certa maneira foi registrado aqui, neste blog que era conhecido como ALMA DE POETA e eu assinava simplesmente como “MILEN@”.

Procurem se inteirar das publicações iniciais. Nas publicações iniciais  estão histórias de vida, de dia a dia…  Ali pode estar a sua vida, o seu caminho… Ali pode estar uma frase sua dita em algum tempo do passado… Ali pode ter uma imagem que você compartilhou comigo ou com amigos no Orkut, no Youtube, ou em outros sites. Ali pode estar você, simples e humano, sem isso de ser um MUNDO VIRTUAL apenas, passando a ser o nosso MUNDO REAL E HUMANO!

Sejam bem vindos,  sempre!

Milena Medeiros (Milen@) – 10/novembro/2012

4 Comentários

10 de novembro de 2012 · 10:36 PM