Arquivo da tag: amigos

AMIZADE SE CONSTRÓI 


via Fátima Lima

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

As vantagens de ter 50 anos (ou mais)


As vantagens de ter 50 anos (ou mais)

Eu nunca trocaria meus amigos surpreendentes, minha vida maravilhosa, minha amada família por menos cabelo branco ou uma barriga mais lisa. Enquanto fui envelhecendo tornei-me mais amável para mim e menos crítico de mim mesmo. Eu me tornei meu próprio amigo … Eu não me censuro por comer biscoito extra, ou por não fazer a minha cama, ou pela compra de algo bobo que eu não precisava. Eu tenho o direito de ser desarrumado, de ser extravagante. Vi muitos amigos queridos deixarem este mundo cedo demais, antes de compreenderem a grande liberdade que vem com o envelhecimento. Quem vai me censurar se resolvo ficar lendo ou jogar no computador até as quatro horas e dormir até meio-dia? Eu dançarei ao som daqueles sucessos maravilhosos dos anos 70 & 80 e se eu, ao mesmo tempo, desejar chorar por um amor perdido … Eu vou. Se eu quiser, vou andar na praia em um short excessivamente esticado sobre um corpo decadente e mergulhar nas ondas com abandono, apesar dos olhares penalizados dos outros no jet set. Eles também vão envelhecer. Eu sei que sou às vezes esquecido, mas há algumas coisas na vida que devem ser esquecidas. Eu me recordo das coisas importantes. Claro, ao longo dos anos meu coração foi quebrado. Como não pode seu coração não se quebrar quando você perde um ente querido, ou quando uma criança sofre ou mesmo quando algum amado animal de estimação é atropelado por um carro? Mas corações partidos são os que nos dão força, compreensão e compaixão. Um coração que nunca sofreu é imaculado e estéril e nunca conhecerá a alegria de ser imperfeito. Sou abençoado por ter vivido o suficiente para ter meus cabelos grisalhos e ter os risos da juventude gravados para sempre em sulcos profundos em meu rosto. Muitos nunca riram, muitos morreram antes de seus cabelos virarem prata. Conforme você envelhece, é mais fácil ser positivo. Você se preocupa menos com o que os outros pensam. Eu não me questiono mais. Eu ganhei o direito de estar errado. Assim, para responder sua pergunta, eu gosto de ser velho. Eu gosto da pessoa que me tornei. Não vou viver para sempre, mas enquanto ainda estou aqui, não vou perder tempo lamentando o que poderia ter sido, ou me preocupar com o que será. E, se me apetecer, vou comer sobremesa todos os dias!_

√ Texto recebido da colega e amiga: Fatiminha (Mauá/SP)

√ Imagem por AMD, autorização de exibição de imagem por Ingrid wpid-wp-1436415852831.jpeg

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

SOBRE AMIGOS – Noemi Prates


image

“Amigos são laços que a traça não consome, vão além de nomes, profissão e endereço.
Amigos trazem aromas e belas cores à nossa natureza.”

Noemi Prates

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

EU TE QUIS


Deixe um comentário

12 de junho de 2015 · 8:54 PM

Marquês Rocco Sade e uma poesia: A UM AUSENTE- Carlos Drummond de Andrade


À UM AUSENTE

marquês rocco sade-01/01/2013 – O retorno


Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.
 
Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enloqueceu, enloquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave 
do que o ato sem continuação, o ato em si,
o ato que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?
 
Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.
 
Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te foste.
(Carlos Drummond de Andrade)

marques rocco sade- 01/01/2013

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, POESIA

Texto de Negra Noite – Quando o algo mais é o menos


Hoje eu notei
que era-me fácil sentir
a tristeza
a dor
a piedade
e também
os sentimentos
menos amáveis
como raiva
vingança
ciúmes…
É-me fácil amar
quando o objeto do amor
está comigo
não tão adiante de mim
mas ao lado, companheiro,
participante do que eu gosto.
E é igualmente fácil
não gostar
de quem não segue o meu amor.
Pode ser um amor carnal
ou emocional.
Então pensei:
E se eu fosse morrer
morrer assim
dentro de algumas horas ou dias??!!
Eu mudaria esse jeito??!!
Amaria mais facilmente
sem compromissos
usuais de amo se você se dá bem comigo??!!
E aí? como seria isso?
Bem… como não sei a que horas
eu irei falecer
não consigo chegar a uma
única e boa resposta.
E você? Como agiria
diante de sua morte?

(Negra Noite- 07/12/2012)

Publicada também no Recanto das Letras

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

UMA PEQUENA HISTÓRIA DESTE BLOG- Milena Medeiros


Há um tempo fiz esse blog. O primeiro em minha vida. Era um blog muito pesado constituído de diversas plataformas, denominado “LIVESPACE” – um blog inserido no msn (hotmail, messenger, livespace), com um aprendizado muito difícil. Poucos se atreveram a usá-lo. Aqueles que não foram crédulos o bastante para seguir em frente ficaram na arquibancada participando como público, sempre aplaudindo esses blogueiros audazes.

Eu, um certo tempo, estava usando uma das primeiras formas de internet. Uma muito lenta. O livespace como era bastante pesado, demorava horas para se completar e muitas vezes eu desisti.

Quando coloquei uma internet melhor, mais veloz, fui a fundo, atravessando cada etapa de aprendizado desse livespace.

Quando consegui atingir o ponto que eu achava estar bom, o livespace foi vendido para o WordPress.

Alguns amigos blogueiros acabaram desistindo de seus blogs, caso da Carlenebrasil (Lene), essa amiga que sempre está comentando algo que publico aqui, assim como a Maru (Mirian Liliane- da Argentina), e muitos outros…

Eu segui os passos de transferência para o WordPress. E então, por vários meses, ele ficou a deriva. Interessei-me pelo Blogger (produto do Google) e lá montei outros blogs pela facilidade de utilização. Pela simplicidade de estruturar um modelo de blog do nosso jeito.

E então, um belo dia, voltei a olhar o WordPress como um desafio a ser ultrapassado (vencido).

E aqui estou, aprendendo novamente a montar, a aplicar, a estruturar o meu tão querido primeiro blog.

Notaram que no início eu, imatura, ainda tenho os erros e os inconvenientes de uma aprendiz. Eu ainda não consegui consertar de todo.

Este ano, aqui venho mais constantemente. Aprendendo aqui e ali, lendo, relendo os meus posts, editando alguns,  e, assim, eu mesmo me incentivo a vê-lo com os meus primeiros modos de olhar daqueles tempos… Um olhar de ternura, de estar se fitando ao espelho, se reconhecendo… E estou reconhecendo este meu blog que fora tão preterido. Por isso, vocês podem verificar meu constante atendimento à ele.

Notem que não o sei bem ainda, mas já me familiarizei o bastante.

Quem sabe o WordPress traga mais ajuda em nosso bom idioma português para nós brasileiros não tropeçarmos tanto em uns poucos obstáculos para se montar ou manter o blog neste site.

Muito da ajuda deles ainda está em inglês…

Com isso, amigos, seguidores ou aqueles que vem em busca de algo, mostro o princípio, o meio e o fim de todas as minhas publicações aqui. Uma vida, um cotidiano. Nele estão muito de meu caminho no Orkut, onde aprendi a usar solicitando ajuda a terceiros que vieram a se tornarem amigos e seguidores. Tem publicações desses amigos de lá (do orkut) que deixaram suas marcas, suas andanças na internet. Muitos não os tenho mais como companheiros de internet, pois já exclui muitos perfis montados no Orkut e com isso perdi vários desses colegas do mundo virtual. Assim como os que conheci no SONICO, no HI5, no UOL+, no VIDEOLOG e outros tantos por onde naveguei.

À esses deixo meu muito obrigado. Amei cada um da sua forma de ser como eles também me amaram do meu jeito de ser.

Tropeções, tristezas, desavenças, carinhos mútuos, inconformismos, disputas sadias, meiguice, troca de informações, de receitas de vida… tudo de certa maneira foi registrado aqui, neste blog que era conhecido como ALMA DE POETA e eu assinava simplesmente como “MILEN@”.

Procurem se inteirar das publicações iniciais. Nas publicações iniciais  estão histórias de vida, de dia a dia…  Ali pode estar a sua vida, o seu caminho… Ali pode estar uma frase sua dita em algum tempo do passado… Ali pode ter uma imagem que você compartilhou comigo ou com amigos no Orkut, no Youtube, ou em outros sites. Ali pode estar você, simples e humano, sem isso de ser um MUNDO VIRTUAL apenas, passando a ser o nosso MUNDO REAL E HUMANO!

Sejam bem vindos,  sempre!

Milena Medeiros (Milen@) – 10/novembro/2012

4 Comentários

10 de novembro de 2012 · 10:36 PM

Um vídeo sensual da música- RING MY BELLS- por Idgue99


Compartilhado por amigos (no Youtube) e que gostei muito e repasso aos meus leitores.

1 comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, vídeo, vídeos

A ROSA E O SAPO- TEXTO EM ESPANHOL RECEBIDO DE MARA- URUGUAI-HI5


Tienes “un Sapo”?

Con mucho entusiasmo y consistencia animo a todas mis amistades a no menospreciar jamás a nadie. Me atrevería incluso a pensar que ninguno de nosotros conoce a nadie que no sea superior a nosotros en alguna cosa! Los dejo con una corta historia con un profundo mensaje. Abrazos, Mara

Había una vez una rosa roja muy hermosa y bella. Se sentía de maravilla al saber que era la rosa mas bella del jardín. Sin embargo, se daba cuenta de que la gente la veía de lejos.
Un día se dio cuenta de que al lado de ella siempre había un sapo grande y oscuro y que era por eso que nadie se acercaba a verla de cerca. Indignada ante lo descubierto le ordenó al sapo que se fuera de inmediato;el sapo muy obediente dijo: Esta bien, si así lo quieres.
Poco tiempo después el sapo paso por donde estaba la rosa y se sorprendió al ver a la rosa totalmente marchita, sin hojas y sin pétalos. Le dijo entonces:* Vaya que te ves muy mal. ¿Que te paso?
La rosa contestó:* Es que desde que te fuiste las hormigas me han comido día a día, y nunca pude volver a ser igual.
El sapo solo contest: * Pues claro, cuando yo estaba aquí me comía a esas hormigas y por eso siempre eras la mas bella del jardín.

Moraleja: Muchas veces despreciamos a los demás por creer que somos mas que ellos, mas bellos o simplemente que no nos “sirven” para nada.. Dios no hace a nadie para que este sobrando en este mundo, todos tenemos algo especial que hacer, algo que aprender de los demás o algo que enseñar, y nadie debe despreciar a nadie. No vaya a ser que esa persona nos haga un bien del cual ni siquiera nos demos cuenta de ello.

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

MENSAGEM DE NATAL DA AMIGA LENE-HI5/SONICO/ORKUT/YOUTUBE


+

Olá, meus anjos amigos!

Data:22/12/2009 22:54

Nesta data tão importante, vim lhe desejar muito amor, harmonia, prosperidade, saúde e paz… muita paz! Fique com Deus, o aniversariante! Beijos no coração! Imagens Para Orkut

1 comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, orkut, saudade e lembranças no orkut