Arquivo da tag: alma

FRASE EM IMAGEM – CONVERSEMOS ATRAVÉS DA ALMA


Vem. Conversemos através da Alma. Revelemos o que é secreto aos olhos e ouvidos. Sem exibir os dentes, sorri comigo, como um botão de rosa.
_____Rumi

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

FRASE EM IMAGEM – AMOR É


“Amor é quando o corpo passa a ser detalhe e a gente passa a olhar especialmente a alma

Deixe um comentário

9 de abril de 2017 · 7:19 AM

Frase do dia – sobre felicidade


image

“Feliz é a alma que não tem
Medo ou vergonha de ser
O que de verdade é.”

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Mundo Mágico – Milena Medeiros


Se a magia
Não te surpreender
Você não sabe nada de nada

Milena Medeiros
04/set/2014
image

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Recomendo: FIREWORK -Katy Perry (legendado PT-BR)


“…Depois de um furacão vem um arco-iris… talvez a razão pela qual todas as portas estejam fechadas é que você possa abrir uma que te leve para a estrada perfeita. Como um relâmpago seu coração vai brilhar e quando chegar a hora você saberá. Você só tem que acender a luz e deixa-la brilhar. Apenas domine a noite…” (trecho da música)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, vídeo, vídeos

Poesia de Negra Noite- NEM TENTAR


Não adianta
querer tirar-me de você
Sou tatuagem
estou marcada
em tua pele
em brasa e ferro.
 
Não tente
duvidar
deste amor
que é pequeno
mas forte
que te levará
a nocaute
se não souber
se manter vivo.
 
Nem tentar
tirar-me de ti
e deixar-me à deriva
no oceano de ti.
Eu continuarei
somada aos teus desejos
impondo-me
aos teus delírios
em quaisquer madrugadas…
 
Não,
Não adianta mesmo!
 
Sou tua alma
embora negra
sou tua
em vida
em morte
em tudo!
 
(Negra Noite-11/11/2012- 12:45horas)

2 Comentários

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, saudade e lembranças no orkut

Poesia de Emma Lensk (DEIXE-SE AMAR)


Deixe-se amar

Por que estais sozinho esta noite ?
Não hesite por um segundo, nem meio.
Caminhe ao meu encontro
E deixarás a solidão de hoje,
De amanhã e todo o sempre.
Segurarei tuas lindas mãos
Mesmo que calejadas,
Jamais deixarei alguém machucá-la.
O medo não precisa existir
Entre nós, o sentimento não precisa extinguir.
Deixe este caminho escuro.
Deixe esta solitude.
Sinta comigo a chuva
Que lava a dor de sua alma
E entrega a ti esperança e calma.
O amor é o natural dos seres
Não retenha-o,
Pois uma vez contido, petrificado,
Ele jamais se entregará.
E tudo apodrecerá… Você,
Seu coração, o amor e meu ser.
Já sei…
Estais sozinho pois
Esta é uma noite
Como todas as outras.
E você não cede, não se mexe.
Se quiseres, estarei te esperando
Entre, faças o que quiser
Pegue um vinho, me beije, tome um banho.
Mas não digas que não quer,
Não aguentaria ver teus olhos partindo
Em busca de outros braços,
Em busca de uma outra qualquer.’
(Emma Lensk)
Texto publicado no Recanto das Letras

Perfil  no Recanto das Letras: EMMA LENSK

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, POESIA

Poesia Sensual de Negra Noite (DESEJOS)


DESEJOS

Meus desejos
estão na alma
e tu os evoca
assim,
intempestuosamente?
Saiba que
meu jorro
é quente
e se mantem
assim
até saciar-me
da fome
de teus beijos…
(Negra Noite-12/10/2012)
Publicada também no Recanto das Letras

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Poesia de Negra Noite(DÁ-ME PRAZERES)


DÁ-ME PRAZERES…

Esse teu jeito
de dizer-me
veladamente
o que vais em tua alma
Faz-me
impura…
Os desejos
saem à procura
de saciar-se
e te busco
em esquinas
e bares
E somente
te encontro
no meu versejar!(Negra Noite-12/10/2012)

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Poesia de Milena Medeiros- VEM…


VEM…

NÃO DEMORE-SE
A TUA PRESENÇA
ME FAZ TÃO BEM.VEM…

NA DISTANCIA,
O MEDO INVADE A ALMA
E OS SONHOS SÃO  TERRÍVEIS PESADELOS…

Milena Medeiros-22/09/2012

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, saudade e lembranças no orkut

Tradução de música: Invicible // vídeo-poema de Nano Spagnol: PARTIDA


Invencíveis

Vá em frente
Faça nossos sonhos se realizarem
Não desista da luta
Você ficará bem
Porque não há ninguém como você
No universo

Não tenha medo
Do que a sua mente esconde
Você deveria resistir
Resistir pelo que você acredita
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis

E durante a batalha,
Eles irão nos rebaixar
Mas por favor, por favor, vamos usar essa chance para
Reverter as coisas
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis

Faça isso por si mesmo
Não faz diferença pra mim
O que você deixa pra trás,
O que você escolhe ser
E qualquer coisa que disserem
Sua alma é inquebrável

E durante a batalha,
Eles irão nos rebaixar
Mas por favor, por favor,
Vamos usar essa chance para reverter as coisas
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis
Juntos, somos invencíveis

E durante a batalha,
Eles irão nos rebaixar
Mas por favor, por favor,
Vamos usar essa chance para reverter as coisas
E essa noite nós poderemos verdadeiramente dizer
Que juntos, somos invencíveis
Que juntos, somos invencíveis

1 comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos

poesia de milena medeiros- VOCÊ ME MACHUCOU!


você me machucou

um coração na calçada

Totalmente surpresa hoje
fiquei.
Uma amiga
poeta se fez.
De um simples título
de uma obra minha fez
uma outra poesia
mais linda que a minha.
Na felicidade eu ia
caminhando na internet.
qual vagalume
numa noite escura e quente
entre os assobios
e cânticos
de pirilampos e cigarras.
Já tinha muito de felicidade
apesar de no peito
uma amargura
teimava em aparecer.
Deixei-me levar
entre os assoalhos
e céus desse meu mundo
de virtual
amizade e amores.
Uma tempestade
se aproximava
eu não via nada.
cega que estava
de amor e carinho
só via as flores
orquídeas e jasmins.
Minha floresta
tinha muito verde
azuis e rosas
alguns dourados
outros avermelhados.
Cores de paixão,
de carinho
e afeição.
Amigos aqui encontro
de montão…
Termo que o
João Anderson usa muito.
A tempestade me pegou
derrubou-me ao chão.
Cai, desfalecida.
dormi um ano inteiro
e cobriu-me com cuidado
o benfeitor das flores e jardins,
o tempo.
A violência que me abateu
tinha um nome apenas.
um nome
que eu zelava com cuidado.
o nome era ANJO,
pois os anjos
sempre nos dão lições.
Esse anjo eu vi
aqui, perto de mim.
mas agora, há distância,
uma guerra sem fim.
Meu anjo foi
morar em outro jardim!

(milena medeiros-22/10/10 – 23:19 horas- porque você me machucou…)


Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

A PIPA E A FLOR-RUBENS ALVES/ROSA SHIBATA-ED.LOYOLA


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO