Arquivo da categoria: milena medeiros

POR-QUÊ? – Milena Medeiros


guardados

POR-QUÊ?

Por-quê você
Não me disse um “OI”
Quando mais eu
Queria?

Não deixou um
Pequeno bilhete
Mesmo que
Um tanto amassado?

Não sentiu
O descompasso de
Meu abraço
E tampouco
Uma lágrima
Que molhou o canto
De meus olhos?

Bastavam-me
Duas letrinhas
Mesmo não ditas…
Nem embrulhadas
Em papel dourado…

Não devia ser um “ADEUS”
Nem separação
Mas um “ATÉ LOGO”
ou “ATÉ DAQUI A POUCO”

Não devia ser um “NÃO”
quem sabe um “SIM”
um tanto assim
Meio encabulado…
Dito em som baixo
Rebuscado
Por trejeitos meus…
Seus…
Nossos!

(Milena Medeiros)
30/08/2014
11:25 pm

Deixe um comentário

Arquivado em milena medeiros

NÃO ME ILUDO – Negra Noite


Não me iludo
Compartilhaste comigo, somente, o teu dom de mentir
Negra Noite- 31/03/2014Poesia de Milena Medeiros- PLEASE, REMEMBER ME // Peabo Bryson & Regina Belle - A Whole New World  tradução: Um Mundo Inteiramente Novo

Deixe um comentário

24 de maio de 2014 · 1:20 AM

Poema Gótico de Negra Noite- Delírios Insanos


Em noites
de claro terror
visto-me de arrepios
e delírios insanos.

(Negra Noite-21/03/2014)

Especial para a Comunidade Dark Side

Publicado também no Recanto das Letras

Delírios insanos - poema gótico

Poema Gótico de Negra Noite- sobre Delírios

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros

Poema Gótico de Negra Noite- sobre a fragilidade


“Não me atemorize.
Sou das frágeis contas do mar…”

(Negra Noite- 21/03/2014)

 

Poema feito especialmente para a comunidade Dark Side no Google+

Maurizio Del Gaizo

Dark Side (g+) comunidade

Deixe um comentário

22 de março de 2014 · 9:37 PM

Recomendo a música- HOLD ME FOR A WHILE (AO VIVO) – REDNEX


Começa hoje o tempo de sonhar…

onde me incluo e onde te incluo…

não há vida sem um bom e meigo sonho

que nos acalenta a alma,

nos dispõe ao amor,

à amizade…

Que possamos todos sonhar, 

compartilhar bons momentos,

mesmo que sejam só esses momentos… 

(Milena Medeiros – 25/02/2014)

(Inspiração: música compartilhada por Lélia Pereira: Hold me for a While- Rednex )

Relembrar e amar é preciso!

(Milena Medeiros-26/02/2014)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, vídeo, vídeos

Versos que não fiz – Milena Medeiros


milena medeiros – “Versos que não Fiz” – imagem do acervo da autora

Deixe um comentário

6 de fevereiro de 2014 · 8:14 AM

O QUINTAL DO VIZINHO- por Negra Noite (pensamentos)


Para o público em geral, informo que muitos de meus textos estão publicados no site: 

 http://www.recantodasletras.com.br/autores/milenamdiego/

São, atualmente, 553 textos publicados  com  um total de leituras: 18833

Hoje já publiquei alguns, online.

Um deles é este:

O QUINTAL DO VIZINHO

“Há muitas cabanas dentro de nós… umas cabem o mar inteiro …  e outras um céu todo estrelado… mas cuidamos apenas de olhar pelas janelas o quintal do vizinho!”

(Negra Noite- 02/02/2014- em comentário ao texto: “UM POUCO DE MIM…” do colega de Recanto: “APENAS UM GENTLEMAN”)

Quintal do vizinho

Olhar pela janela

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Recomendo este vídeo- WIND OF CHANGE- Scorpions – Legendado


Pouco sabemos de ventos…

quase nada queremos mudar…

Dá-nos medo quaisquer mudanças…

Ventos e temporais da alma amedrontam…

(Negra Noite – 30/01/2014)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, vídeo, vídeos

Toda ausência


ausência

Cada vez que entro em sua vida

me vejo mais ausente dela.

Isso dói…

10/05/2013- milena poeta- online

Deixe um comentário

11 de maio de 2013 · 3:55 PM

Reblogando Ricardo Cavalcante sobre entra, vem e fica (texto de Gabito Nunes)


“Quero você aqui, no meio das minhas coisas, meus livros, discos, filmes, minhas ideias, manias, suspiros, recortes. Respirando o mesmo ar… Entra, não pergunte se pode ficar. Vem e fica.-Gabito Nunes

texto e imagens por Ricardo Cavalcante- google+

Vem, fica…

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Texto de Milena Medeiros – À espera de um amor


Então me diga se ainda tens amor para me ofertar. Já não sou tão desesperada quando antes, em que eu te procurava por aí, nos arrebaldes de minha solidão, Amor. 

Hoje, mais serena, talvez mais velha, sei que estás próximo, em algum lugar, e eu sento-me ao banco da solidão, empunho meu guarda chuva da esperança e te aguardo um pouco mais… talvez ainda não se demore como os anteriores, as paixões que tive, os desamores que se fizeram no tempo…

Sento-me aqui, em silêncio, não te falarei de mim, escutarei de ti, somente.

Não me verás te sorrir pois o sorriso te guardo para os momentos mais lindos que tivermos…

Não recolherás minhas mãos entre as tuas por simples apego, lhes darei elas em companhia nas tardes chuvosas ou ensolaradas, num terno passeio a dois…

Não me ouvirás falar que te amo assim, de repente, sem te conhecer a profundo…

Te falarei de meu amor pelo meu olhar, somente. Pelos meus lábios a procura dos teus… pela minha paixão refletida em minha pele…

Talvez nem saiba ler esses instantes… mas aguardarei que se aprofundes nestas leituras de alma

(Milena Medeiros – 23/02/2013 – online no WordPress- 16:54h)

 

imagem publicada no google+ por Maurizio Del Gaiso

Aguardando o amor

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Divulgando imagem publicada por Maurizio del Gaiso


Maurizio del Gaiso

imagem veiculada por Maurizio Del Gaiso no Google+

3 Comentários

Arquivado em milena medeiros

SEGUNDA CHANCE // vídeo recomendado por Ricardo Cavalcante – ANGEL (Sarah McLachlan)


As chances são para os jogadores…

Para quem ama, gosta, quer, deseja, sempre haverá muitas chances…

Depende do seu primeiro passo  e que esse passo seja para juntar-se a quem se pede a chance…

21/02/2013 – Milena Medeiros – online no  Google+

(comentando Ricardo Cavalcante no Google+)

“Passa todo seu tempo esperando Por aquela segunda chance, Por uma oportunidade que deixaria tudo bem Sempre há um motivo Para não se sentir bem o suficiente. E é difícil no fim do dia, Eu preciso de alguma distração. Oh, belo descanso A lembrança vaza das minhas veias… Deixe-me ficar vazia E sem peso e talvez Eu encontrarei alguma paz esta noite.
Você está nos braços de um anjo,
Talvez você encontre algum conforto lá”

Angel- Sarah Mclachlan

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos

Reblogando WALTER DE CARVALHO (BLOG)- referente texto de Milena Medeiros


No Google+ encontramos pessoas maravilhosas com post que nos dão água na boca e muitos nos ajudam, tanto em divulgação de nossos textos, como é o caso deste amigo Walter de Carvalho (google+), outros nos incentivam a viver melhor, a sofrer menos, a ser mais dígnos, uns nos fazem companhia nas noites e madrugadas silenciosas, nos preenchem a alma.

Compartilho e reblogo este amigo e seu blog, onde postou um texto que fiz online hoje, naquele site (google+).

Visitem outros post dele, sigam-nos…

bjuuuss

Mii

Por WALTER DE CARVALHO  em seu blog WALTER DE CARVALHO

“PARA QUEM ESPERA PROVAS DE AMOR

PARA QUEM ESPERA PROVAS DE AMOR
Amigos. Recebi às 12:49 esta postagem de Alma de Poeta no G+. Fiquei emocionado e partilho com os pais e mães que gostariam de ouvir isso de um filho ou filha.  Que linda prova de amor parental. Colocarei em meu Site, Blog, Twitter e Face. Qualquer semelhança “não é mera coincidência”.  Vale a pena ler e refletir!
“Não precisa ter provas de nada… o amor é revelado em pequenos detalhes… só quem sabe e ama conseguirá notar esses detalhes…Lembro-me bem de meu pai dizer-me, já em nossas velhices, que nunca disse a mim que me amava… e eu, com lágrimas de amor lhe disse: ‘PAI, EU SOUBE DE SEU AMOR SEMPRE… TODA A MINHA VIDA ATÉ HOJE… OS DETALHES DE SEU AMOR VIERAM NO MEU PRIMEIRO BALANÇO, NA BONECA DE VESTIDO RODADO QUE GANHEI EM MUITOS NATAIS, NOS CARRINHOS DE ROLEMÃ QUE FAZIA PARA MIM E MEUS IRMÃO BRINCAREM, NO PRIMEIRO JEEP DE MADEIRA CONSTRUÍDO POR TI, DA COR DO EXÉRCITO BRASILEIRO, DO DIA QUE SE FEZ PRESENTE NA DIPLOMAÇÃO DE FACULDADE… DOS OLHOS DE AMOR, DE TUAS MÃOS ME DANDO REMÉDIO, DAS TARDES QUE AMBOS QUIETOS ANDÁVAMOS DE BIKE PELA ORLA DA PRAIA. .. PRÁ QUE EU QUERIA ‘OUVIR’ SE TU JÁ ME DIZIAS?…
Para quem precisa de fatos e provas de amor… é quem não sabe o que é o amor… ainda não viveu o amor…(Milena Medeiros-23/02/2013)”
Postado por às 08:21 “

http://cbconsultores.blogspot.com.br/2013/02/para-quem-espera-provas-de-amor.html

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros

FALANDO SOBRE O AMOR (milena medeiros) // vídeo: Stay with me – SPVELOSO


PARA QUEM ESPERA PROVAS DE AMOR

Não precisa ter provas de nada… o amor é revelado em pequenos detalhes… só quem sabe e ama conseguirá notar esses detalhes…
Lembro-me bem de meu pai dizer-me, já em nossas velhices, que nunca disse a mim que me amava… e eu, com lágrimas de amor lhe disse: ‘PAI, EU SOUBE DE SEU AMOR SEMPRE… TODA A MINHA VIDA ATÉ HOJE… OS DETALHES DE SEU AMOR VIERAM NO MEU PRIMEIRO BALANÇO, NA BONECA DE VESTIDO RODADO QUE GANHEI EM MUITOS NATAIS, NOS CARRINHOS DE ROLIMàQUE FAZIA PARA MIM E MEUS IRMÃOS BRINCAREM, DO PRIMEIRO JEEP DE MADEIRA CONSTRUÍDO POR TI NA COR DO EXÉRCITO BRASILEIRO, DO DIA QUE  SE FEZ PRESENTE NA DIPLOMAÇÃO DE FACULDADE… DOS OLHOS DE AMOR, DE TUAS MÃOS ME DANDO REMÉDIO, DAS TARDES QUE AMBOS QUIETOS ANDÁVAMOS DE BIKE PELA ORLA DA PRAIA. .. PRÁ QUE EU QUERIA ‘OUVIR’ SE TU JÁ ME DIZIAS?…

Para quem precisa de fatos e provas de amor… é quem não sabe o que é o amor… ainda não viveu o amor…(Milena Medeiros-23/02/2013)

5 Comentários

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo, vídeos