Arquivo da categoria: JEITO FEMININO

Toda forma que traduz sentimentos, sensações, docilidade e meiguice

Frank Sinatra – Can’t take my eyes off you


Deixe um comentário

7 de junho de 2017 · 6:41 PM

My Cherie Amour – Singto Numchok Cover -Legendado


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Qual a profissão de seu pai? (Piada)


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Sexta-feira


Ótima sexta-feira

Deixe um comentário

2 de junho de 2017 · 12:33 PM

BONECAS QUE SE PARECEM COM BEBÊS – Patricia ou Patrício Aparenta 1 ano de idade.


As Encomendas podem ser diretos com esse telefone  +55 16 99790426
Esse blog nada vende. Só compartilho coisas que gosto, com vocês.

E muitos fizeram contato para saber onde podem adquirir esses bonecos lindos que se parecem de verdade com um bebê.


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Tampinhas de garrafas pet para lacrar as embalagens


Deixe um comentário

29 de maio de 2017 · 1:17 PM

O QUE ROUBARAM DE TI?


Após o assalto, entrei em contato com a polícia. Pedi uma ronda às imediações.

Pois, perguntaram-me: “O que roubaram de ti?”

E veio em questão que nada material fora levado de mim, pois o ladrão queria o celular, que eu não portava no momento…

Mas…

Não tem BO para comunicar que roubaram minha tranquilidade, minha paz, meu dia que se iniciava bem. Minha saúde, com o susto, o pavor, o pânico que tenho que superar depois… Essas coisas não são mais importantes?!!

Pense nisso!

Milena Medeiros

24/05/2017

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

CAPACETE COM PLACA


Sábado passado, por volta das 05:25h, fui assaltada por um motoqueiro. Pediu o meu celular, mediante pressão, mostrando que possuía uma arma embaixo do agasalho.

Nesta terça-feira, no mesmo ponto de ônibus, eram mais ou menos 15:30h, outro motoqueiro com um comparsa na garupa fez um assalto a uma moça.

Todos escondendo suas feições com  capacete

Aí, pensando sobre isso lanço uma sugestão.

Que os capacetes tenham numeração igual a da placa do veículo. Ambos os capacetes (de quem dirige a moto e o garupa) possuiriam numeração bem visível.

Assim, se um mal intencionado passe por uma viatura com capacete sem numeração ou a falta desta, já eram enquadrados como transgressões…

Alguns irão dizer que esses ladrões usariam outro disfarce e esconderiam seus capacetes ou a numeração…

Bem, “jeitinho” sempre é possível!…

Prevenir é o melhor.

Pensemos nisso!

 
Milena Medeiros

24/05/2017

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

UMA PERGUNTA


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

QUANDO CHEGA O AMOR


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

AMIZADE SE CONSTRÓI 


via Fátima Lima

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

A FELICIDADE DEPENDE DE VOCÊ


Há aqueles momentos que parecem eternos, onde o sorriso nos contagia. São nesses pequenos momentos que podemos observar que a felicidade depende de nós mesmos!

(foto gentilmente cedida para Milena Medeiros)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

O MUNDO NÃO É MATERNAL – MARTHA MEDEIROS


O mundo não é maternal

É bom ter mãe quando se é criança, e também é bom quando se é adulto. Quando se é adolescente a gente pensa que viveria melhor sem ela, mas é um erro de cálculo. Mãe é bom em qualquer idade. Sem ela, ficamos órfãos de tudo, já que o mundo lá fora não é nem um pouco maternal conosco. 

O mundo não se importa se estamos desagasalhados e passando fome. Não liga se virarmos a noite na rua, não dá a mínima se estamos acompanhados por maus elementos. O mundo quer defender o seu, não o nosso. 

Mãe também quer que a gente tenha boa aparência, mas está mais preocupada com a nossa limpeza interna: não quer que a gente se drogue, que a gente fume, que a gente beba. 

O mundo nos olha superficialmente. Não consegue enxergar através. Não detecta nossa tristeza, nosso queixo que treme, nosso abatimento. O mundo não tira nossa febre, não penteia nosso cabelo, não oferece um pedaço de bolo feito em casa. 

O mundo, quando não concorda com a gente, nos pune, nos rotula, nos exclui. O mundo não tem doçura, não tem paciência, não pára para nos ouvir. O mundo pergunta quantos eletrodomésticos temos em casa e qual é o nosso grau de instrução, mas não sabe nada dos nossos medos de infância, das nossas notas no colégio, de como foi duro arranjar o primeiro emprego. 

Mãe é de outro mundo. É emocionalmente incorreta: exclusivista, parcial, metida, brigona, insistente, dramática, chega a ser até corruptível se oferecermos em troca alguma atenção. Sofre no lugar da gente, se preocupa com detalhes e tenta adivinhar todas as nossas vontades, enquanto que o mundo propriamente dito exige eficiência máxima, seleciona os mais bem-dotados e cobra caro pelo seu tempo. 

Mãe é de graça!


_____ Martha Medeiros


Via  grupo de poesia do Rodrigo



***Dia Das Mães (no Brasil) será dia 14 de maio de 2017

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

BOM DIA COM MENSAGEM


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

SEGUNDA-FEIRA – GIF


Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO