FALTA DE MEDICAÇÃO NO ABC afeta pacientes da Saúde Mental

Já mais de um mês o ABC está sem algumas medicações de uso continuo (tarja preta). Como setralina, por exemplo.

Os pacientes que não tem como adquirir, devido preço alto para suas finanças, estão buscando os PS psquiátricos na urgência, quando em crise.

A quem fica a responsabilidade? Se um dos pacientes entrarem em crise seria?

Aonde está o nosso dinheiro que todo mês é debitado de nosso holerite para INSS?. Então, porque não nos devolvem essas quantias, principalmente para aqueles pacientes que dependem dos medicamentos em falta na rede, para que eles possam comprar em farmácias particulares? Pelo menos no período de falta?

As perguntas que não querem calar…

Obs. Para conferir, estive na Especialidade Vila vitória, em Santo André e foi confirmado, pelo funcionário, da farmácia, que fornece medicamentos controlados, que  continua  a falta.

Lamentável!

Milena Medeiros – moradora nesta cidade linda de Santo André, desde 1983.

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s