Solidez de alma

Quando a alma deixa-se mostrar faz brotar a beleza que estava escondida nos recantos do coração!
Parabéns, Ronaldo Sérgio!
Parabéns, Rancho do Peregrino!

Foto de José Veloso Foto de Zé Veloso

A casa que mora em mim é assim:
entra o sol, passa o vento
e fica o cheiro da chuva de ontem.

Os cordões de luz
afrontam-lhe a solidez
batem contra o chão
e parecem rir das grossuras do frio.

Tudo lá fora mora ali dentro
o ruído do mundo e o espírito de Deus.

As portas e janelas, recostadas ao canto,
fazem sombras, balançando com o tempo.

Sua dor é a de ser alma
de ser corpo e de ser mundo
sempre cheia de vãos
de tanto compilar sonhos.

Ronaldo Sérgio

Ver o post original

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s