A Doce Concepção de uma Reencarnação

Venha conhecer este blog.

stardust

Nuvens de algodão; brisa açucarada; azul celeste.
Pôr do sol de groselha; árvores cristalizadas; terra de chocolate em pó.
Flores de marshmallows; rios de refresco com peixes de gelatina.
Beija-flores beijando flores. Abelhas fazendo mel. Formigas carregando jujubas, pássaros compondo músicas.

Ela não se conformava. Não se conformava pelo fato do mundo ser tão doce e ela, tão amarga.
Ela odiava acordar com o canto dos pássaros – eles cantavam especialmente para ela.
Ela odiava o zumzum das abelhas – elas produziam o mel especialmente para ela.
Ela odiava o beijo tão doce dos beija-flores – eles batiam as asas tão rapidamente especialmente para ela.
Ela odiava o céu, por ser tão azul – ele era azul especialmente para ela.
Ela odiava o sol, por brilhar tanto e fazer tudo a sua volta brilhar com ele – ele brilhava tanto especialmente para ela,
para que assim ela pudesse ver tudo…

Ver o post original 176 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s