“Labirinto”: um clássico da fantasia que não merece se perder no passado

Quem não conhece deverá dar uma espiada… Mr Bowie… sempre eterno!

Outros Sons

davidlabyrinth

Junte a presença de David Bowie, a beleza e carisma de uma menina chamada Jennifer Connelly, o prestígio e a criatividade do mestre dos bonecos, Jim Henson, além do roteiro escrito por um maluco como Terry Jones. Pois bem, enfie tudo isso num liquidificador de 1986 e terás ao final um filme chamado “Labirinto”.

É uma pena que a obra não tenha feito sucesso na época, arrecadando menos do que custou (um crime para qualquer produtora), mas aos poucos criou ares de filme cult.

A impressão de que se tratava de um clássico do cinema de fantasia sempre me ocorreu, mas pela necessidade de assistir novamente ao longa me fez ter certeza dessa afirmação.

Por estar realizando uma atividade sobre literatura de fantasia, e por ocasião de um trabalho de pesquisa sobre cultura pop e o camaleão do rock, percebi que o filme não envelheceu e a transmissão para uma…

Ver o post original 775 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s