Poesia de Negra Noite- COMPLETEI UM CICLO

COMPLETEI UM CICLO

Lá de onde vim,
onde tu não existias,
não tinha esses brilhos
não tinha esses costumes
eu não ouvia os cantos
de pássaros nos telhados
e nem ouvia o ritmo
balançado da chuva fina
na calçada…Quando tu não existia
meus medos eram outros
meus desejos – tão banais!
meus sonhos  – sem a nitidez
da vontade de ser real…E fiz-me sonhadora
de voos altos
céus azuis
e rosas
de vermelhos-paixões
de amores-emoção!

Vi-me num ciclo
onde tu era o centro
de onde partiam
os raios dourados
de meu sol brasileiro
e poeta

Dancei a vida
a alegria
a vontade de compartilhar
momentos bons
Dancei você
e me dancei!

E vi que era bom
e fechei o ciclo.
Agora você está cativo
E te sinto triste
Qual um pássaro em gaiola
preso

E pergunto-me:
Por que te fechei assim?

Se chama-se amor,
carinho, dedicação,
não havia necessidade
de apreensão.

Amor aberto, livre, solto
é alegre, tem profusão
tem colorido
Se entrega à emoção
Não se crê envaidecido
nem ao menos privilegiado
Se contenta em apenas ser… Ser AMOR!

Então te liberto de mim
para que voe em outros jardins…

Se voltares…
… será pela liberdade regozijada!

Negra Noite-12/11/2012  21:52h

Código do texto: T3982730
Classificação de conteúdo: seguro

1 comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, POESIA, vídeo

Uma resposta para “Poesia de Negra Noite- COMPLETEI UM CICLO

  1. Lene

    Lindo, lindo. Adorei, amiga.

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s