Poesia de Negra Noite- NEM TENTAR

Não adianta
querer tirar-me de você
Sou tatuagem
estou marcada
em tua pele
em brasa e ferro.
 
Não tente
duvidar
deste amor
que é pequeno
mas forte
que te levará
a nocaute
se não souber
se manter vivo.
 
Nem tentar
tirar-me de ti
e deixar-me à deriva
no oceano de ti.
Eu continuarei
somada aos teus desejos
impondo-me
aos teus delírios
em quaisquer madrugadas…
 
Não,
Não adianta mesmo!
 
Sou tua alma
embora negra
sou tua
em vida
em morte
em tudo!
 
(Negra Noite-11/11/2012- 12:45horas)

2 Comentários

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA, saudade e lembranças no orkut

2 Respostas para “Poesia de Negra Noite- NEM TENTAR

  1. Lene

    Uau, belíssimo, belíssimo… Bjs, amiga

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s