Poesia de Negra Noite (VOU DEIXAR-ME)

VOU DEIXAR-ME

É deveras
grande essa dor
que penetra-me pela soleira
dentro de minha vida…

Ainda que
não a deixo invadir-me
ela sempre é mais forte
ri-se de minha dor…

Senta-se ali
como dona do divâ
me analisa bem
e prega-me seus cravos dourados…
-de solidão!

(negra Noite-02/10/2012)

Deixe um comentário

Arquivado em JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s