Poesia de Negra Noite (TU NÃO O SABES)

TU NÃO O SABES

Tu não o sabes
Nas noites em que vaguei
à tua sombra vasculhei.

Do desconsolo
que aplacou-me a alma
indolor e inerte me fez.

Tu não o sabes
Da penumbra sombria
de um quarto vazio…

Enquanto
te procurava
em lágrimas eu estava…
– mas tu não o sabes!
(Negra Noite-02/10/2012)

3 Comentários

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

3 Respostas para “Poesia de Negra Noite (TU NÃO O SABES)

  1. Lene

    Nooossa, você está mesmo inspirada, hem amiga? Que poema lindo. Parabéns. Bjs.

  2. Emma Lensk

    Olá, Milena! Uma encantadora poesia esta! Muita coisa acontece em nossas vidas por alguém, como disseste, muitas vezes esse alguém não tem conhecimento nenhum… Adorei os poemas que publicou aqui, agradeço sua atenção.
    Beijos no coração, Emma Lensk.

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s