Vi esse poema através de citação de blog no Google+/ Fábio Baptista

Tenho um baú velho dentro de meu peito… Este baú que possuo, outros chamam de coração. E é neste baú que carrego no peito onde guardo meu maior tesouro. Este tesouro a maioria chama singelamente  de… Amor.

By: Fábio Baptista

Deixe um comentário

Arquivado em POESIA

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s