FILHOS, POR QUÊ NÃO OS TIVE! – Negra Noite – poesia

FILHOS, POR QUÊ NÃO OS TIVE!

2014 - 1.gif

NÃO MAGOES MEU CORAÇÃO

DIZENDO PALAVRAS SOBERBAS
CHEIAS DE EMOÇÃO

TU ME INTRANQUILIZA A ALMA
INVADE MINHA CONSCIÊNCIA
SEMPRE ENRAIVECENDO-SE
PORQUE EU NÃO TIVE FILHOS…

E DIGO-TE EU
QUE FILHOS OS TIVE, SIM!
TODOS ELES ESTÃO
NESTE MEU CORAÇÃO!

UNS SÃO ALOIRADOS
COMO O SOL E O MILHO
NA PALHA NO QUINTAL.

OUTROS SÃO NEGROS,
RELUZENTES COMO O BOM FEIJÃO
NA PANELA
SOBRE O MEU FOGÃO.

E, AINDA,
OUTROS, VERMELHOS EM PELE,
TAL COMO SE FOSSEM
CANELA EM MADEIRA
ODORIFICANDO A ESTRADA

ENTÃO, APERCEBA-TE LOGO
TER FILHO POR CONDIÇÃO
NÃO TE COLOCAS À FRENTE
DA PERFEIÇÃO.

SÓ AQUELE QUE SENTE
AMOR POR QUALQUER IRMÃO
É QUE POSSUE A MELHOR CONDIÇÃO
DE SABER COMO É SER
PAI OU MÃE
EM PLENA FORMAÇÃO!

15/08/2012 12:07:00 AM-Negra Noite

Revisão em 26/09/2016

Deixe um comentário

Arquivado em eu sou assim, JEITO FEMININO, milena medeiros, POESIA

Os comentários estão desativados.