Poesia de Milena Medeiros – ABRAÇA-ME

ABRAÇA-ME

ABRAÇA-ME
COMO SE NUNCA TIVESSE ME VISTO
EMBORA NÃO TENHA ME VISTO REALMENTE.

ABRAÇA-ME SUAVE
E DEPOIS APERTA-ME COM FORÇA
COMO SE EU FOSSE DESAPARECER

ABRAÇA-ME
E DEIXA-ME FORA DE MEUS MEDOS
DE MEUS MISTÉRIOS E CREDOS

ABRAÇA-ME
COMO SE SOUBESSE
QUE O AMANHÃ NUNCA VIRÁ

ABRAÇA-ME
ASSIM
COMO SE EU FOSSE TÃO IMPORTANTE A TI…
(milena medeiros-11/10/2011)
Publicado no Recanto das Letras sob Código do texto: T3270766

 

Este post foi reeditado em 13/12/2012  pela autora devido o vídeo que estaria anexado a este post foi excluído quando o canal saiu do ar, no Youtube, por milenamdiego

Deixe um comentário

Arquivado em abraço, eu sou assim, JEITO FEMININO, Música, milena medeiros, poema, POESIA

Agradeço ter visitado o blog e comentado. Logo responderei. (Milena)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s